Técnicas de iluminação para fotografia

A luz é complexa como todas as coisas da natureza. Para um fotógrafo, pode ser frustrante quando as condições de iluminação têm um impacto negativo nas imagens, criando sombras desagradáveis ou superexpondo seu tema. Abaixo, compartilhamos algumas técnicas práticas para conseguir a melhor iluminação possível em um trabalho fotográfico.


Precisa de imagens para o seu projeto? A impressionante coleção do Shutterstock de mais de 70 milhões de imagens pode ajudar você! Veja o que a nossa biblioteca disponibiliza para você.


Controle o sol
Pode parecer óbvio, mas existem maneiras mais inteligentes de utilizar o sol nas fotos do que apenas estar em espaços abertos. A luz solar pode influenciar várias propriedades nas imagens, desde o brilho intenso até o azul suave. Dependendo do clima, da hora do dia e do posicionamento do sol em relação ao tema, é possível tirar muito proveito da iluminação totalmente natural. Usando um simples refletor, você consegue eliminar essas sombras confusas ao focar a luz na cena. 

Pense na Cor
Os fotógrafos amadores sabem que a luz pode ter diferentes propriedades de cor, mesmo quando parece branca a olho nu. Porém, as câmeras atuais capturam uma grande quantidade de dados, para que as imagens tenham uma tonalidade colorida mesmo que isso não seja visível no momento de tirar a foto. Essa "temperatura da cor" pode ser aproveitada para injetar mais personalidade no trabalho.  

Por exemplo, a luz do sol ao amanhecer e ao anoitecer geralmente tem um tom mais quente, enquanto a sombra do meio-dia pode ter um tom azulado. Além disso, se houver luz refletindo em superfícies coloridas, isso também influenciará a temperatura da cor. Quando você sabe que temperatura busca, pode utilizar as configurações de balanço de branco da câmera para minimizar ou acentuar a coloração. 

Adapte a locação
Trabalhar em um estúdio definitivamente tem suas vantagens. É muito mais fácil controlar a iluminação e mantê-la consistente durante toda a sessão de fotos. No entanto, é fundamental aprender a lidar com as fotos em locações. Cada sessão de fotos ao ar livre gera desafios únicos de iluminação, por isso é preciso levar equipamentos que se adaptem a várias situações. 

O ideal é obter a iluminação certa com refletores simples e a luz do sol, mas se isso não funcionar, talvez seja preciso ativar fontes de luz adicionais. Alguns exemplos são estroboscópios, spots e/ou luzes de tungstênio, dependendo da preferência. Deve haver energia suficiente para uma sessão de fotos inteira, caso contrário, será preciso uma fonte de energia externa (ou seja, um gerador).  

A luz ampla é mais suave
Se a luz estiver focalizada diretamente na cena, ela será muito mais dura do que se estiver em ângulo ou atingir o objeto de várias direções. Em geral, uma fonte de luz ampla será mais natural, terá menos sombras e suavizará os ângulos ou texturas acentuados. Quando colocamos uma fonte de luz perto do objeto, ele se torna maior dentro do contexto da cena. Por outro lado, mover a luz para mais longe também o tornará mais duro e mais estreito.

Monitore a exposição
Recomendamos consultar um histograma de exposição ao tirar fotos detalhadas, especialmente quando elas envolvem closes ou objetos reflexivos (por exemplo, joias). Essa importante ferramenta ajudará a reter detalhes e monitorar os destaques, além de garantir que eles não fiquem com flare. Como regra geral, é possível aumentar lentamente as luzes de fundo até que seu histograma esteja em torno de 255. Se o valor for maior do que isso, o flare começará a tomar conta. 

Iluminação frontal e iluminação lateral
Por fim, devemos lembrar que a iluminação direta reduzirá a textura, enquanto a iluminação em ângulo (ou seja, acima, abaixo ou lateral) a acentuará. Se estiver tentando reduzir detalhes não atrativos, talvez seja necessário manter sua fonte de luz e a câmera mais alinhadas. Como alternativa, uma foto da natureza em alta resolução pode se beneficiar da iluminação lateral, de modo que esses detalhes mais texturais sejam realçados ainda mais.

  • Este artigo foi útil?

Não consegue encontrar o que você está procurando?