“O ontem e o amanhã se cruzam e se misturam no horizonte”, escreveu o poeta Carl Sandburg, em seu poema intitulado Haze. As cidades grandes são mais bonitas nos horários em que o sol começa a se esconder sob as nuvens, com a linha do horizonte formando uma silhueta dourada.

Quando as pessoas mudam das cidades grandes, geralmente o que elas mais sentem saudade é do horizonte, ou dos famosos skylines. Mais especificamente à noite, quando todas as luzes estão acesas iluminando a vida de milhões de pessoas após um logo dia.

Esse sentimento de familiaridade e saudade deve ser sempre lembrado e explorado por fotógrafos profissionais. Uma boa foto de uma cidade já conhecida deve ser imediatamente reconhecível; além de trazer surpresa e novidade. Por isso, perguntamos a 5 renomados especialistas em skylines para contar o segredo de como encontrar algo novo no horizonte das metrópoles mais clicadas do mundo. Aqui eles compartilham suas histórias favoritas e dão algumas dicas para iniciantes.

Mihai Andritoiu

«Seja realista e venda suas fotos de acordo com o mercado. Nunca de graça.»

Brooklyn Bridge at and the Lower Manhattan skyline under a purple sunset
<a href="https://www.shutterstock.com/pic-355947536?pl=CONTENT-blog&cr=nightskylinetips&utm_source=CONTENT&utm_medium=blog&utm_content=nightskylinetips&utm_campaign=blog">mandritoiu</a>

Lembro-me de fotografar o skyline maravilhoso de Manhattan e a ponte de Williamsburg à noite, em algum lugar do Brooklyn. Quando, acidentalmente, cai em um buraco próximo ao famoso Hudson River e que era muito mais fundo do que minha altura. Depois de um momento inicial sem saber o que fazer, consegui escalar o buraco e percebi que meu celular havia ficado lá, em uma poça d’água. Pulei de volta para tentar resgatá-lo. Sem chances! Tive que caminhar de volta para o meu carro, todo molhado e cheio de lama, mas feliz por nada de grave ter acontecido comigo naquela noite. Enfim, tive uma razão para comprar o modelo mais recente do que o meu antigo celular.

Seu conselho: Gostaria de ter tido alguém para me dizer para parar de gastar anos da minha vida no Flickr procurando por “comentários” e “favoritos.” Esse círculo vicioso de “gostei da sua foto, então por favor, goste da minha” é uma perda de tempo.

Também queria ter tido alguém que me abrisse os olhos e me explicasse que não há razão para se orgulhar quando uma pessoa está interessada em “publicar” o meu trabalho gratuitamente em troca de “exposição.” Meu conselho para outros fotógrafos é parar de procurar “fama” por meio de mídias sociais; parar de sonhar que suas fotos se tornarão virais e que plataformas como o Facebook, Flickr ou Instagram farão de você um superstar famoso e rico.

Seja real e venda suas fotos de acordo com o preço de mercado. Nunca de graça. Você se sentirá melhor no final do dia. Pessoas pagando dinheiro pelo seu trabalho é infinitamente mais valioso do que aqueles likes sem sentido, favoritos, comentários vazios como “ótimo trabalho”, “foto maravilhosa” que você recebe nas mídias sociais!

Daniel Cheong

«Nunca fotografe quando a luz estiver dura.»

offset_comp_96144
<a href="http://www.offset.com/photos/534d5b568e5b3dd8a2ce2c86?pl=CONTENT-blog&cr=nightskylinetips&utm_source=CONTENT&utm_medium=blog&utm_content=nightskylinetips&utm_campaign=blog">Daniel Cheong</a>

Minha hora favorita para retratar skylines é na “blue hour”, que acontece após o pôr do sol, quando o céu fica de um azul agradável. É nessa hora que as luzes dos prédios começam a serem acesas, criando um contraste com o céu. A chamada “hora azul” é muito curta, especialmente em Dubai, onde moro atualmente. Ela dura cerca de dez minutos.

experiência mais legal que tive foi quando fotografei pela primeira vez o fog/neblina em Dubai. A cidade é conhecida por ter os prédios mais altos do mundo. A vista lá do alto é maravilhosa, já que seus edifícios perpassam qualquer nevoeiro. As luzes de Dubai são tão coloridas e fortes que resulta em um espectro maravilhoso de cores, iluminando a névoa que está abaixo.

Dubai Night Skyline
<a href="http://www.offset.com/photos/54ad2131a6dfde507e9fdb6e?pl=CONTENT-blog&cr=nightskylinetips&utm_source=CONTENT&utm_medium=blog&utm_content=nightskylinetips&utm_campaign=blog">Daniel Cheong</a>
Fog covering Dubail skyline at night
<a href="http://www.offset.com/photos/54ad20dba6dfde507e9fdb67?pl=CONTENT-blog&cr=nightskylinetips&utm_source=CONTENT&utm_medium=blog&utm_content=nightskylinetips&utm_campaign=blog">Daniel Cheong</a>

Seu conselho: Como em qualquer fotografia de paisagem, a luz e a composição são elementos-chave para uma excelente foto. Nunca fotografe quando a luz estiver dura. Clique o quanto você pode, experimente diferentes configurações da sua câmera. Procure referências em sites de compartilhamento de fotos, como o 500px. Além disso, o uso da longa exposição dará um toque especial a sua foto. Lembre-se, o segredo está na composição e luz.»

Benoit Florençon

«Divirta-se. Explore. Tente coisas novas.»

Shanghai skyline at dusk
<a href="http://www.offset.com/photos/577fc0dcba6f6bfc1a48792e?pl=CONTENT-blog&cr=nightskylinetips&utm_source=CONTENT&utm_medium=blog&utm_content=nightskylinetips&utm_campaign=blog">Benoit Florencon</a>

Minha memória favorita é de quando eu estava em Xangai com um amigo e fomos até o rooftop do meu antigo apartamento. Passamos 1 hora filmando o pôr-do-sol com uma vista de 360 graus da cidade, vendo lentamente o céu trocar o dia pela noite e aproveitando todas as luzes da cidade.

Sunset of Shanghai
<a href="http://www.offset.com/photos/577fc0dcba6f6bfc1a487931?pl=CONTENT-blog&cr=nightskylinetips&utm_source=CONTENT&utm_medium=blog&utm_content=nightskylinetips&utm_campaign=blog">Benoit Florencon</a>

Seu conselho: Eu queria que alguém tivesse me falado para eu nunca me vender abaixo do preço como profissional. Para os que estão começando: Continue se divertindo. Explore. Tente coisas novas. Crie seu próprio estilo e olhar, e não se importe muito com as tendências sociais.»

Cho Pan

«Tente sempre algo novo. Você vai se aperfeiçoar rapidamente

Tapei City Skyline at Night
<a href="https://www.shutterstock.com/pic-96791107?pl=CONTENT-blog&cr=nightskylinetips&utm_source=CONTENT&utm_medium=blog&utm_content=nightskylinetips&utm_campaign=blog">leungchopan</a>

Moro em Hong Kong, a cidade que não dorme. A maioria dos nossos prédios desliga suas luzes às 11h da noite. Por isso, minha experiência mais marcante como fotógrafo foi a primeira vez que retratei o horizonte interminável de arranha-céus à noite, em Taipei. Enquanto eu estava montando meu equipamento e começando a fotografar, as luzes dos edifícios se apagaram. Era 9 da noite ainda. Você só tem 30 a 50 minutos por dia para fotografar, por isso tinha que agir rápido.

Seu conselho: Use várias configurações na hora de fotografar e no pós-processamento. Tente sempre algo novo. Você vai sempre melhorar desse jeito.

Sean Pavone

«Não hesito em visitar sempre cidades famosas e fotografar lugares já conhecidos.»

Washington, D.C. skyline with highways and monuments.
<a href="https://www.shutterstock.com/pic-362662706?pl=CONTENT-blog&cr=nightskylinetips&utm_source=CONTENT&utm_medium=blog&utm_content=nightskylinetips&utm_campaign=blog">Sean Pavone</a>

Ao invés de evitar clichês, eu os aceito e os reconheço. Não deixo de visitar lugares com vistas famosas e fotografar essas composições já bem conhecidas. O que vai tornar sua foto única é a variação de tempo e a hora do dia, mesmo que o ângulo seja batido. Para evitar clichês, me esforço sempre para encontrar algo original. Uma vez localizado o lugar das fotos, pode ser que eu tenha que pedir permissão para ter acesso a um prédio específico, ou alugar um quarto de hotel com uma vista particular, ou mesmo explorar a localização em questão.

Seu conselho: O maior desafio com fotos noturnas é técnico. Com velocidade do obturador longa, uma rajada forte de vento ou um piso não muito firme pode arruinar qualquer foto. Há também problema de iluminação, como o flare, ou raios de luz que surgem quando se fotografa coisas brilhantes. Depois de esperar 30 segundos ou mais para verificar o resultado de uma única exposição, pode ser frustrante ver que sua imagem não ficou legal. Portanto, pense muito na sua composição e depois fixe sua câmera no chão. Lembre-se sempre de outras pessoas. Às vezes, outros fotógrafos terão a mesma ideia, por isso você deverá chegar bem antes do pôr do sol para, literalmente, garantir seu lugar ao sol.