Ainda não é um colaborador da Shutterstock? Tudo bem! Mandar suas imagens é fácil. Colaborar é divertido. Descubra como transformar sua criatividade em dinheiro. Inscreva-se agora!

Foi na década de 1920 que surgiram os primeiros fotógrafos especializados em fotografia abstrata, quando Laszlo Moholy-Nagy e Man Ray experimentaram fotogramas, obras de arte feitas em papel fotográfico, mas sem câmera. Naquela época, quando a fotografia era usada principalmente como uma ferramenta documental, a abstração parecia algo radical.

Hoje em dia, a fotografia abstrata tem crescido de um jeito que ninguém poderia ter previsto. O surgimento de câmeras digitais e softwares de edição equipou fotógrafos com todos os meios para criar quase qualquer coisa subjetiva. Existem atualmente mais de 10 milhões de fotografias no Instagram postadas com a hashtag #abstract. Para fins de comparação, a hashtag #fineart já foi usada 5,5 milhões de vezes, enquanto o termo #photojournalism tem apenas 1,5 milhões.

Fotógrafos especialistas no estilo nos fazem ver o mundo com outros olhos. Objetos pequenos para o olho humano podem ser revelados com uma lente. Exposições longas ou múltiplas nos permitem ver a passagem do tempo de uma forma que nosso cérebro é incapaz de registrar. Podemos ver através do espaço e sobre as superfícies de outros mundos.

Pedimos para que fotógrafos especialistas em imagens abstratas de todos os tipos – fotografia marinha, belas artes, macro – para contar seus segredos. Aqui, eles revelam as melhores ferramentas e técnicas para tornar uma imagem abstrata atraente, incluindo algumas dicas DIY – faça você mesmo.

1. “Coisas que parecem chatas em baixa ampliação tornam-se insanamente legais quando ampliadas.”

Tyler Fox

Imagem de <a href="http://shutr.bz/2lsYbdB">Tyler Fox</a>

A maioria das minhas fotos abstratas são de corais vivos. E já que quase todas as minhas imagens têm ampliação 1:1, a profundidade de campo é muito tênue. Geralmente, uso um software de empilhamento de foco que me permite tirar muitas fotos individuais e empilhá-las de modo que crio uma imagem com foco de cima para baixo. Isso é muito difícil quando se trabalha com seres vivos, como corais. Se o coral se move, as imagens empilhadas terão “fantasmas” e outros detalhes desfavoráveis. É preciso paciência para esse tipo de fotografia e sou testado diariamente. Também costumo usar várias lentes macro para ampliar minhas possibilidades.

Estas fotografias contêm, cada uma, cerca de doze imagens sobrepostas, clicadas com uma ampliação de 1: 1. Sem empilhar imagens, não teria o mesmo impacto. As texturas que constituem essas fotos não apareceriam.

Image by<a href="http://shutr.bz/2mGiLZP"> Tyler Fox</a>

Dica: Tenho um olhar único para fotografia macro, porque passo a maior parte dos meus dias espiando através de um microscópio identificando insetos. Acho que isso me dá a habilidade de ver as coisas de uma maneira diferente. Olhando para espécimes ampliadas, sou capaz de ver padrões e texturas que poucas pessoas conseguem ver. Coisas que parecem chatas sem ampliação tornam-se insanamente legais quando ampliadas. Acho que o truque é pegar algo comum e mostrar de uma maneira única. Fotografe coisas que fascine você e deixe que outras pessoas saibam disso.

2. “Tente fotografar o mesmo assunto várias vezes.”

Nik Merkulov

Imagem de <a href="http://shutr.bz/2lA9P7f">Nik Merkulov </a>

Gosto de misturar cores vivas e obter matizes e combinações fascinantes. A cor traz brilho ao nosso mundo, e pinturas artísticas funcionam melhor com fotografia abstrata.

Alguns detalhes que me ajudam todos os dias no meu estúdio: vários pregadores e suportes para fazer pequenos cenários, usando folhas de poliestireno e filtros coloridos para realçar matizes. Uso fita adesiva para colocar cada coisa em seu lugar e seringas médicas para injetar corante na água. Para fotografar esses corantes, tenho alguns pequenos vasos de vidro, refletores DIY, espumas, folha de estanho e tecido preto. Todos os itens acima podem ser encontrados em lojas de construção ou artesanato e não são caros, mas eles vão fazer uma diferença enorme nas suas fotos e permitir que suas ideias únicas ganhem vida para o seu público.

Na maioria do tempo, uso lentes macro. Algumas vezes uso uma 100mm, mas o que realmente gosto é minha boa e velha Canon 50mm f2.5, com lente macro compacta.

Imagem de <a href="http://shutr.bz/2lsHY8r">Nik Merkulov</a>

Dica: Seja observador e criativo. Tente clicar o mesmo objeto várias vezes para que você veja os refinamentos e nuances que você pode ter perdido no primeiro clique. A ferramenta principal ao criar imagens abstratas não é equipamento, mas sim suas ideias!

3. “Grandes resultados podem vir de acidentes, ou mesmo erros.”

Judah Grubb

Image by<a href="http://shutr.bz/2ldKeoB"> Judah Grubb</a>

Tenho uma tendência a experimentar, gosto mais do inesperado do que algo planejado. Uma técnica que uso bastante é diminuir o zoom com uma lente zoom enquanto movimento a câmera em uma velocidade de obturação lenta. Esse processo é super criativo e produz um resultado diferente todas as vezes.

Image by <a href="http://shutr.bz/2lA3SYe">Judah Grubb</a>

Dica: Abra sua mente e esteja disposto/a a tentar algo diferente. Fotografia abstrata pode ser tão diversa e, muitas vezes, resultados excelentes podem nascer de acidentes ou mesmo erros. Pense novamente sobre coisas que você normalmente rejeitaria como algo que não funciona para a maioria dos aspectos da fotografia. Com abstrações, quase tudo pode funcionar.

4. “Trace uma linha tênue entre buscar inspiração e copiar alguém.”

Marija Stojkovic

Imagem de <a href="http://shutr.bz/2mGmhU9">Marija Stojkovic </a>

Tenho três filhos e, às vezes, deixo eles brincarem com tintas e cores. Tiro fotos do que eles desenham e depois misturo a outras fotografias que faço, como texturas de paredes, vidro ou papel. Então faço um monte de coisas no Photoshop – combino camadas, uso efeitos diferentes, filtros, blurs – até obter o resultado final. Eu nunca paro até que tenha algo que realmente goste.

Image by <a href="http://shutr.bz/2lsMsf5"> Marija Stojkovic </a>

Dica: Sempre procuro inspiração em coisas ao meu redor e penso em como fazê-las parecer abstratas. Procuro me inspirar no trabalho de outros fotógrafos e tento desenvolver algo diferente do que os outros estão fazendo online. Tento não me repetir, embora às vezes não consiga isso. Para mim, o mais importante é traçar uma linha tênue entre procurar inspiração e copiar alguém. Meu conselho para outros fotógrafos é se tornar único.

5. “Uso aquários personalizados, de diferentes tamanhos e um funil feito por mim.”

Sanja Tosic

Imagem de <a href="http://shutr.bz/2mGtvaH">Sanja Tosic </a>

Criei essas fotos usando cores líquidas capturadas em movimento. Uso uma câmera Sony a7r, lentes macro, flashs e um tripé para fotografar em diferentes ângulos. Também uso aquários personalizados, recipientes de diferentes tamanhos e um funil feito por mim, juntamente com pipetas, tubos, escovas e potes para misturar líquidos, tintas, corantes e outros tipos de cores.

As imagens de gotas coloridas isoladas foram fotografadas a partir da fusão de uma única gota sob água, enquanto as cores espalhadas se parecem mais com esculturas líquidas ou nuvens de fumaça.

Imagem de <a href="http://shutr.bz/2lUORTa">Sanja Tosic </a>

Pro Dica: Experimente, analise, melhore, repita, persista.

6. “Não é preciso fotografar coisas raras, ou bizarras, para produzir boas fotos abstratas, mas é preciso prática.”

Ethan Daniels

Imagem de <a href="http://shutr.bz/2magkkn">Ethan Daniels </a>

Para produzir imagens mais abstratas, uso uma lente de 100mm, às vezes com dioptrias, bem como dois estroboscópios para iluminar o objeto fotografado de forma bastante uniforme. A maior parte do meu tempo com uma câmera é gasto debaixo d’água, fotografando seascapes com uma grande angular. Ao fotografar macro, meu olho está continuamente procurando por temas abstratos e exclusivos. Existe uma incrível variedade de possibilidades no fundo do mar, e nunca me canso de descobrir formas únicas, padrões de cores e texturas de organismos vivos.

Imagem de <a href="http://shutr.bz/2mM782T">Ethan Daniels<br /></a>

Dica: Ninguém é obrigado a tirar fotos abstratas para se tornar um profissional melhor. Não é preciso fotografar coisas raras ou bizarras para produzir boas imagens, mas é preciso prática. Fotografe bastante e persista. Essa é a única maneira de melhorar. Imagens abstratas podem ser usadas por pessoas de diversas maneiras. Uma vez que seus olhos estejam treinados para compor suas fotos, fica fácil e divertido de produzi-las. Sem mencionar que você pode ganhar dinheiro com isso!

Ainda não é um colaborador da Shutterstock? Tudo bem! Mandar suas imagens é fácil. Colaborar é divertido. Descubra como transformar sua criatividade em dinheiro. Inscreva-se agora!