Select a language

Shutterstock Blog Shutterstock Blog

Fotografia de culinária: um guia para iniciantes – parte III

Este é o terceiro post de uma série em três partes criada pela fotógrafa de culinária Evi Abeler, contribuidora da Offset, oferecendo conselhos úteis para os entusiastas de culinária produzirem fotos de alimentos de dar água na boca. Não se esqueça de conferir também o primeiro e segundo post. 

Ideias e inspiração para levar suas fotos de culinária para outro nível.

Ama fotografia de culinária? Confere! Sabe como usar uma câmera? Confere! Já sabe como escolher luz, alimentos e planos de fundo? Confere! Leu tudo sobre dicas de estilo? Confere!

Então agora é hora de levar seu trabalho para um nível um pouco mais avançado. Pinterest, Instagram, Shutterstock e Offset são ótimos lugares para encontrar ideias online. Algumas das minhas fontes favoritas de inspiração incluem livros de receitas reais e revistas de alimentos. Colete as imagens de alimentos que você mais gosta, estude a iluminação e o estilo e depois incorpore tudo o que você aprendeu às minhas dicas.

1 . Conte uma história

O prato final não é a única imagem que você pode capturar. Os ingredientes e a preparação de uma receita podem ser maravilhosos para clicar. A próxima vez que você estiver fotografando, conte uma história sobre o processo. Seus cookies podem ser um grande tema: fotografe os ingredientes, o momento que você está abrindo e cortando a massa, a decoração dos cookies e um prato bonito, cheio de biscoitos para fechar a história.

Massa aberta de biscoito.

Massa aberta de biscoito.

2. Dê uma mordida

Arrumar e fotografar seu prato, sem ao menos dar uma provadinha, é outro grande desafio. Você pode até achar que pode simplesmente comer tudo e depois tirar uma foto do prato vazio, mas você vai descobrir rapidamente que isso vai resultar em imagens nada agradáveis. Pratos totalmente vazios (ou semi-vazios) são bem difíceis de ser fotografados, porque não parecem apetitosos. Você tem que aprender a criar toda uma cena. Uma salada pode ser um ótimo começo. Fotografe sua salada pronta, depois fotografe um prato vazio ou, melhor ainda, um prato com alguns ingredientes que fazem parte da salada -  não se esqueça de acrescentar com cuidado um pouco do molho para dar um ar bem natural.

 

3. Arrume a mesa

Agora você está pronto para o grand finale: uma cena da mesa inteira! Para isso, você provavelmente vai precisar de alguma ajuda, muito tempo livre e um tripé. Escolha alimentos que não vão murchar facilmente (por exemplo, evite, nesse momento, uma salada) ou que mudem de cor (por exemplo, abacate). Uma mesa cheia de entradinhas ou “tapas” funcionará perfeitamente. Caso você esteja procurando por algo simples, experimente um prato de massa. Ao selecionar seus adereços, tenha em mente que eles devem complementar a sua comida, e não roubar a cena.

Comece arrumando sua mesa só com seus pratos (vazios) e tire uma foto aérea usando seu tripé. Confira o resultado da foto e reorganize seu layout até você ficar satisfeito. Por último, adicione a comida aos pratos cuidadosamente, decorando-os quando necessário. Caso você queira acrescentar algum tipo de ação a sua cena, convide alguns amigos para servirem de modelos, comerem e cortarem seus alimentos. E, claro, depois de vários cliques, sente e sirva-se à vontade!

Conheça mais o trabalho de Evi: Offset, eviabeler.com e whipandclick.com.

Comentários